Polícia Federal vê indícios de mesada de R$ 340 mil para Temer na década de 90

quinta-feira, 7 de junho de 2018

Polícia Federal vê indícios de mesada de R$ 340 mil para Temer na década de 90
A Polícia Federal relatou ao Supremo Tribunal Federal (STF) que vê indícios de pagamento de R$ 340 mil mensais ao presidente Michel Temer durante o fim da década de 90. Segundo informações da jornalista Andréia Sadi, os valores eram dados por empresas do setor portuário, incluindo a Rodrimar. A informação foi registrada em um documento do dia 15 de março relacionado à Operação Skala, que resultou na prisão de dois amigos de Temer. O Palácio do Planalto divulgou nota em que nega as acusações e afirma que a investigação da Polícia Federal "entrou no terreno da ficção policial". Temer e a Rodrimar já são investigados em um inquérito que apura se o presidente favoreceu empresas do setor portuário em troca de propina ao editar um decreto em 2017.
Share on : Facebook Twitter Google+

Nenhum comentário:

Postar um comentário