MÃE ESTUPRA FILHO DE QUATRO ANOS E FAZ FILMAGEM

quarta-feira, 25 de julho de 2018

Uma mulher de 19 anos foi presa nesta terça-feira (24) no município de Areia, no Agreste da Paraíba, depois de confessar ter estuprado o próprio filho de apenas quatro anos. Ela pediu a uma pessoa que havia conhecido na internet para que filmasse o ato. As imagens foram feitas há um ano. 
A delegada Simone Rosemberg, responsável por investigar o caso, falou sobre o assunto. “Na verdade, é um relacionamento por mensagem. A investigação vai continuar, a gente vai tentar encontrar essa pessoa, através de outros recursos. Porque ela [a suspeita] não sabe o nome completo dele, não sabe o endereço, não sabe onde mora. Ela só tinha um número de celular que ele trocava constantemente”, afirmou.
A Polícia Civil não descarta que a ação tenha relação com uma rede de pedofilia. “Pode não se tratar de um fato isolado. Ela, ao ser interrogada, disse que praticou isso uma única vez a pedido dele, mas isso ainda é muito superficial”, pontuou. A criança realizou o exame de corpo de delito e está com a avó materna. A polícia recolheu os chips e celulares da suspeita, para realizar pericias. 
Ainda de acordo com a delegada, uma denúncia feita por uma pessoa que recebeu o vídeo fez com que a polícia tivesse acesso ao arquivo. “Disse que conhecia a pessoa que estava no vídeo, que morava aqui na cidade e que a vítima se tratava do próprio filho da pessoa que estava praticando o ato sexual”, relatou a delegada. A polícia também investiga como o vídeo chegou ao denunciante. “Ela [a jovem] alega que como esse rapaz começou a insistir para que ela produzisse outros vídeos com a criança e ela se negava, ele começou a ameaçá-la, dizendo ‘olha, se você não fizer o vídeo, eu vou jogar o vídeo na internet’, alguma coisa assim. E aí, ela acredita que foi por esse motivo que o vídeo vazou, porque ela disse que só havia encaminhado o vídeo para ele”, frisou.
Share on : Facebook Twitter Google+

Nenhum comentário:

Postar um comentário